Monthly Archives: May 2009

piajioSantos Pop 2009

Querida Pessoa,

A PIAJIO associação cultural lança em 2005 o conceito de Santos Pop com o objectivo de reavivar os Santos Populares. No bairro de Almada Velha transforma-os em laboratório artístico onde se cruza a tradição com novos elementos que servem de dobradiça entre o passado e o presente.

Santos Pop promove O Bairro como terreno dramatúrgico e local de encontro de gerações, artistas, comerciantes e colectividades. Paralelamente, afirma a aposta na formação de novos públicos.

Em 2009, a 4ª edição de Santos Pop parte à conquista do bairro com Visitas e Instalações, lançando um follow spot sobre lugares e histórias singulares, revelando-o como um local encantado.

Nas trincheiras da Capitão Leitão oZundappShow transporta Cossacos vindos de Roma, batedores da Trafaria com seus cajados crepitantes, um exército de metais vindo do flanco da serra de Sintra, autóctones Almadenses com o estandarte da música judia e divinos fadistas das Sete Colinas.

santos-pop_web


INCRÍVEL TASCA HALL

Tasca Instalação

Desfrute das nossas pitorescas instalações que comportam uma luxuosa Tasca de 45m2 com excelentes acabamentos. Avarandada para o passeio da rua Capitão Leitão, a Incrível Tasca Hall encontra-se embutida numa jóia portuguesa: a mítica Sociedade Filarmónica Incrível Almadense. Instalada no hall do seu antigo cinema, este belo recanto de Portugal aguarda por si….

Com tremoço, super8, vinho, vídeo, cocktails e memórias. Pronta a ocupar!

trio-cossaco_web
Inaugura dia 6 com “Os Cossacos”
Incríveis talentos vindos directamente de Roma, fazem-nos dançar, chorar ou pensar.
Dia 23 – Ao fresquinho da Incrível Tasca, venha assistir à passagem do Sª João ao encontro da sua querida Santa da Ramalha.

A partir de dia 6 a Incrível Tasca Hall abre portas:
Sextas e vésperas de feriados 20h às 02h | Sábados 17h às 02h


ZUNDAPPSHOW

Abastecido d’ artistas d’alta cilindrada,
com aparições nos intervalos dos bailes dos Santos Populares.

 


caja_webDia 13
“Caja “
(versão curta dos “Kaja Bucalho”)
Originais, pelos inéditos instrumentos utilizados. Cheios de entusiasmo, situam-se entre a tradição popular, a fusão e o rock, também com uma forte componente experimental.
+ info: www.myspace.com/kajabucalho

farra-fanfarra_webDia 20 “Farra Fanfarra”
Empenhados em espalhar a euforia da música acústica em todos os contextos e inimagináveis situações.
+ info: www.myspace.com/farrafanfarra

 

melechmechaya_web
Dia 23
“Melech Mechaya”

Uma viagem festiva pela música klezmer, com uma sonoridade contagiante que une aromas árabes e ritmos ciganos à tradição judaica.
+ info: www.myspace.com/melechmechaya

 

Dia 27 “O Fado é Show”
Fadistas primorosos e únicos, plenos de garra.
Cristiano de Sousa, João Roque,  Toni di Paiva e Paulo Ribeiro

 

A Programação poderá ser alterada por motivos de força maior.

BOCADILHOS DE MUSEU

Expo/instalação

À solta p’las lojas da Capitão Leitão, fragmentos da exposição sobre o Associativismo e Cidadania (promovida em 2007 pela C.M. Almada).
Em parceria com o Museu da Cidade e com a colaboração dos comerciantes locais.

A partir de dia 6 até ao final do mês


MERGULHO NO BAIRRO

Visitas a histórias singulares de Almada Velha.
Em parceria com Humberto Santos, S.F.I.A. e “Os Águias”.

VISITE
A Casa do Poeta Humberto Santos e beba um Taliban
poeta, ex-caixeiro viajante, recebe-vos em sua casa para um poema na sala, no quarto ou na cozinha.

Dias 13, 20 e 27 Junho_ 6 sessões_ entre as 17h e as 19h_ 3 pessoas por visita
NOTA: ESTA VISITA ENCONTRA-SE ANULADA POR MOTIVOS DE SAÚDE DO POETA HUMBERTO SANTOS

A Sociedade Filarmónica Incrível Almadense e suas incríveis façanhas
viagem guiada ao labirinto mágico desta ancestral colectividade, onde poderá descobrir o seu variado património, conhecer as suas façanhas de resistência e habilidade de organização colectiva.

Dias 13, 20 e 27 Junho_ 2 sessões_ às 17h e às 18h_ 10 pessoas por visita

O Clube Columbófilo “Os Águias” e a arte do pombo correio
num voo rasante descubra este clube auto-denominado de Águias, revelador da estreita relação entre homens e pombos atletas, considerados de utilidade pública. A culminar num passeio para assistir a uma largada.

Dias 13, 20 e 27 Junho_ 2 sessões _ às 17h e às 18h _ 10 pessoas por visita
Marcação prévia em: piajio.info@gmail.com
Ponto de encontro no Incrível Club  (preço simbólico)


ENTRADA LIVRE
(à excepção da participação simbólica nas visitas)

As actividades ZundappShow, Bocadilhos de Museu e Mergulhos no Bairro
são co-financiadas pelo QREN 2007/13.

P`RA CHEGAR

 

mapa_webA navegar
Cacilheiro_ 1, 60€ (ida e volta), c/ cartão Sete Colinas ou Lisboa
Viva (se não tiver cartão custa + 0,50€).

> Rota Zen - Passeio p'lo Cais do Ginjal, com subida p'las escadas ou
Elevador_ 0,50€ | Aprecie a vista antes de chegar à Capitão Leitão.
> Caminho dos Apressados - Metro_0,85€ | desça na Estação S. João Baptista
e parta à descoberta de Almada Velha até à Capitão Leitão.

Último metro (01h30) / barco (02h00) ou apanhe táxi Almada - Lisboa centro
tel_21 294 7070) _ 20€/ 4 pessoas = 5€/pessoa
Sobre rodasP'la Ponte 25 de Abril, paga apenas para sair_ 1, 35€.


Organização

Direcção Artística e Produção_ PIAJIO associação cultural – Afonso Guerreiro, Jean Marc Dercle e Marta Mateus

Colaboradores
Divulgação e Assistência de Produção_Vitória Horta e Zé Dias | Grafismo_ André Semedo | Captação de Vídeo_ Luís Pacheco | Webdesigner_ Luís Rodrigues

Participação Especial
Maria D`Aires e Marco Boss

Agradecimentos
Túlia Marques, equipa da Incrível Almadense, entre muitos amigos Incríveis.

Mais informação
PIAJIO associação cultural
Rua Capitão Leitão nº1, Almada Velha – Incrível Club (antigo Cine-Teatro da Incrível Almadense)
21 274 2900 | 96 619 0298 | 96 465 2828
piajio.info@gmail.com | www.piajio.org

tira-de-logos

Atenciosamente,
PIAJIO associação cultural

Cartaz Santos Pop 2009

Incrível Club palco do "JAZZ nos Capuchos 2009"

 

4 de Junho, quinta, às 23h45
“L.A. Jumping Pulgas”

Lars Arens – trombone, eufónio, composição
Mário Delgado – guitarra
Bernardo Moreira – contrabaixo
Bruno Pedroso – bateria

No repertório deste grupo luso-alemão, abandona-se o conceito musical do jazz tradicional, em que um tema é composto pela melodia que se faz acompanhar por uma estrutura harmónica seja funcional ou modal, que a seguir serve também como forma para os improvisos.
Ao contrário de outros pequenos grupos de jazz convencionais, na música deste quarteto é a composição e o arranjo escrito que ganham mais espaço, sendo elementos preponderantes nos temas, exclusivamente originais – sem todavia restringir as várias partes do improviso.

 L.A. Jumping Pulgas

5 de Junho, sexta, às 23h45
“Daniel Levin Quartet”

Nate Wooley – trompete
Daniel Levin – violoncelo
Mat Moran – vibrafone
Peter Bitenc – contrabaixo

Com carácter de câmara (sem bateria, o que lhe dá maior liberdade ao nível da gestão dos tempos, dos espaços e das dinâmicas) e vocação improvisacional, o Daniel Levin Quartet alia as configurações do jazz com as perspectivas que nos chegam da música erudita desde Anton Webern. A esse molde adiciona ainda uma sólida aplicação das técnicas extensivas de exploração dos instrumentos em presença, ampliando assim as possibilidades da música que pratica.

O curioso é que as partituras-base do quarteto são escritas pelo violoncelista Daniel Levin tendo a voz como referência e não o seu cordofone, o que em muito contribui para a dimensão humana e orgânica do projecto.

E bem servido este está: nos EUA, Levin conta apenas com a concorrência de Fred Lonberg-Holm, Erik Friedlander e Tomas Ulrich nos domínios da improvisação, Nate Wooley impôs-se como um inovador radical do trompete, Matt Moran é conhecido por ter expandido a paleta sonora do vibrafone de forma muito pessoal e Peter Bitenc é o exemplo acabado do contrabaixista que atravessa fronteiras de estilo e idioma. Com tal junção de cabeças e talentos o inevitável, decerto, acontecerá: um grande concerto. 

jazz-nos-capuchos_2009


Local

Incrível Club (antigo Cine-Teatro da Incrível Almadense)
Rua Capitão Leitão nº1, Almada Velha
21 274 2900 | 96 619 0298 | 96 465 2828
piajio.info@gmail.com 

Mais Informação: www.jazznoscapuchos.com

Monólogos da Marijuana 

 

Nos últimos meses esta peça fez furor no Teatro da Comuna com lotações esgotadas. No mês de Maio atravessa o rio e instala-se no Incrível Club para uma temporada.

Numa adaptação para português, esta obra que foi bastante aplaudida na off-Broadway Nova-Iorquina no ano 2003, tem texto de Arj Barker, Doug Benson e Tony Camin que nos fala dos prós e  contras, das crenças e das ilusões, dos mitos e dos mistérios, dos ritos e rituais, das contradições, deste ‘fruto proibido’…

Uma peça cheia de humor e reflexão sobre o que se tem revelado um fenómeno social em ascensão.

Uma produção A Kind Of Black Box
Maio todas as Sextas e Sábados

Horário: abertura de portas 21h30, início do espectáculo 22h
Entrada: 6€

Mais Informação: monologosdamarijuana.blogspot.com

Reservas: 96 366 16 01- monologosdamarijuana@gmail.com

postal-marijuana_incrivel1